Buscar
  • Ideal Consultoria Júnior

Como funciona o financiamento imobiliário pela Caixa Econômica Federal


A casa própria é um dos maiores sonhos do brasileiro, e para a realização deste sonho, a maioria busca o financiamento imobiliário. Entretanto, são tantas regras e detalhes que muitos se sentem confusos. Uma dúvida comum que surge é: Qualquer pessoa pode fazer um financiamento?

Para responder essa pergunta e te ajudar a entender qual a opção melhor lhe atende, separamos as condições que a Caixa Econômica Federal propõe para o Programa Minha Casa Vida.

Minha Casa Minha Vida

O Programa surgiu em março de 2009, e subsidia a aquisição de uma casa ou um apartamento. As famílias são dividas em faixas de acordo com a sua renda e, para ter acesso a esse programa, é necessário seguir os requisitos abaixo.

  • Famílias com renda de até R$ 1.800,00:

Essas famílias se encaixam na Faixa 1 e podem adquirir um financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que variam de R$ 80,00 a R$ 270,00, conforme a renda bruta familiar. A garantia para o financiamento é o imóvel que você vai adquirir. Deve-se, no entanto, ficar atento aos requisitos exigidos pela Caixa listados a seguir:

• Renda familiar compatível com a modalidade (até 1800 reais);

• Não ser proprietário, cessionário ou promitente comprador de imóvel residencial;

• Não ter recebido benefício de natureza habitacional oriundo de recursos orçamentários do município, dos Estados, da União, do FAR, do FDS, ou de descontos habitacionais concedidos com recursos do FGTS, excetuadas as subvenções ou descontos destinados à aquisição de material de construção para fins de conclusão, ampliação, reforma ou melhoria de unidade habitacional.

Se sua família pertence a faixa 1 e você tem interesse em contratar o financiamento, é preciso se inscrever na prefeitura da cidade local ou numa entidade organizadora para iniciar o processo de seleção.

As famílias selecionadas pelas prefeituras e validadas pela Caixa serão comunicadas sobre a data do sorteio das unidades e da assinatura do contrato de compra e venda do imóvel. A Caixa recebe e analisa a documentação do imóvel que foi escolhido e mostra as condições para o financiamento. Após a aprovação e validação do cadastro, assina-se o contrato de financiamento.

  • Famílias com renda de até R$ 2.600,00:

Para esta modalidade, a faixa adotada é de 1,5. Essas famílias podem adquirir um imóvel com taxas de juros de apenas 5% ao ano e até 30 anos para pagar e subsídios de até 47,5 mil reais.

  • Famílias com renda de até R$ 4.000,00:

São classificadas como faixa 2. Neste caso, o subsídio e de até R$ 29.000,00 e os juros variam entre 5,5% e 7% ao ano, de acordo com a sua renda. O prazo para o pagamento é de 30 anos.

Para ter acesso ao financiamento, o candidato deve procurar uma agência da Caixa Econômica Federal na qual será submetido a uma análise de crédito e, a partir da aprovação, pode buscar o imóvel que deseja.

  • Famílias com renda de até R$ 7.000,00:

Na faixa 3, as famílias têm acesso ao financiamento com taxa de juros de 8,16% ao ano, menor que o normalmente empregado pelo mercado imobiliário. Para ter acesso ao financiamento, o candidato deve seguir os mesmo passos da faixa 2.

Autor: Isabella Monteiro

68 visualizações

Siga-nos!

  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon