Projeto Hidrossanitário | Ideal Consultoria
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

Siga-nos

PROJETO HIDROSSANITÁRIO

O projeto hidrossanitário define a concepção dos sistemas de distribuição de água (fria e quente) e recolhimento dos esgotos. Dentre as especificações desse estão a definição dos pontos de água, dimensionamento das tubulações, a elaboração de memorial descritivo e lista de materiais.

Projeto Hidráulico

  • Garantir o fornecimento suficiente de água;

  • Minimizar os Ruídos;

  • Ter pressão mínima necessária;

  • Ser bem planejado, facilitando manutenções futuras;

  • Ser o mais econômico possível;

  • Atender às necessidades do cliente;

  • Atender às normas técnicas referentes;

  • Proporcionar o menor impacto possível no meio ambiente.

O projeto hidráulico compreende o cálculo de abastecimento de água potável e instalações de água fria e quente. Além disso, o projeto precisa atender alguns fatores para um bom funcionamento, tais como:

No projeto são representadas a localização da caixa d’água, além das tubulações de limpeza, extravasor, alimentação, barriletes e a identificação das colunas de distribuição.

A partir da locação realizada da Caixa d'agua, é necessário apresentar seu respectivo corte com a finalidade de apresentar as suas tubulações, tamanho, capacidade e sua locação.

Projeto Sanitário

O projeto tem por finalidade atender às exigências mínimas quanto à higiene, segurança, economia e conforto que devem obedecer as instalações sanitárias.

O sistema predial de esgoto sanitário deve ser projetado de modo a:​

  • Evitar a contaminação da água;

  • Permitir o rápido escoamento da água utilizada e dos despejos introduzidos, evitando a ocorrência de vazamentos e a formação de depósitos no interior das tubulações;

  • Impedir que os gases provenientes do interior do sistema predial de esgoto sanitário atinjam áreas de utilização;

  • Impossibilitar o acesso de corpos estranhos ao interior do sistema;

  • Permitir que os seus componentes sejam facilmente inspecionáveis;

  • Impossibilitar o acesso de esgoto ao subsistema de ventilação;

Os esgotos provenientes da residência devem ser coletados em tubos de queda e encaminhados para caixas de inspeção localizadas em áreas externas. No caso de cozinhas, área gourmet e área de serviço serão previamente encaminhados para caixas de gordura e espuma. Todo o esgoto será reunido em uma caixa de inspeção geral interligada ao poço luminar e destinado à rede coletora pública de responsabilidade da Companhia de Saneamento.