Buscar
  • Ideal Consultoria Júnior

LAJES PRÉ-MOLDADAS: TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER



  • O QUE É?


A laje pré-moldada é um elemento estrutural da edificação que se encarrega de distribuir as cargas para vigas e pilares. A composição da laje é composta por vigotas e lajotas de concreto ou cerâmica. Podem ser chamadas de lajes pré-fabricadas, porque podemos comprá-las prontas ou montadas in loco.


  • TIPOS DE LAJES PRÉ-MOLDADAS:


  • Laje treliçada com lajotas


Essa laje tem vigotas de concreto armado que desempenham a função de apoio para a lajota de fechamento, que pode ser de cerâmica ou concreto. Em seguida a essa montagem, o conjunto deve ganhar uma cobertura de concreto, para juntar as peças. É muito aplicada em vãos parcialmente grandes e o que determina as dimensões e os espaçamentos das vigotas é a carga que a laje irá receber.


Vantagens: adequada para pequenos e grandes vãos; baixo custo; não tem necessidade de uso de formas de madeira


Desvantagens: não recebe sobrecargas acima do previsto em projeto; dificulta a possibilidade de fazer furos e aberturas para a passagem de tubulação.



  • Laje treliçada com EPS (isopor)


A laje pré-moldada treliçada com EPS (isopor), é formada por vigotas de concreto que têm o espaço entre elas ocupados com blocos de isopor. A instalação demanda alguns cuidados porque como o material é frágil, não se deve colocar força em cima e nem pisar no EPS no decorrer da concretagem da laje.


Vantagens: montagem rápida pois a laje é leve; o isopor não absorve a água; é fácil de recortar; instalação de encanamento é facilitada; bom desempenho térmico e acústico.


Desvantagens: pode ter custo elevado em certas regiões; tem que ter um acabamento, o que implica em gastos; requer um reforço para instalação de estruturas na parte inferior da laje; dispõe de limitações de vãos e cargas.




  • Lajes de painel treliçado

O painel treliçado tem vigotas mais largas que as outras lajes pré-moldadas. Dessa forma, os painéis de concretos são colocados lado a lado. Na parte superior, a estrutura conta com vigotas treliçadas de metal, que garantem maior resistência, e EPS, que é utilizado como enchimento. Este conjunto é envolvido pelo concreto que finaliza a laje.


Vantagens: resistência superior aos outros modelos pré-moldados; transporte facilitado; não precisa de acabamentos; quase não se utiliza madeira no escoramento; possibilita vencer vãos médios.


Desvantagens: tem maior custo comparado com outros modelos pré-moldados; não se indica para construções menores.



  • Lajes com vigota T


Trata-se de um tipo de laje bastante disseminado e conhecido, é formado por vigas de concreto no formato de “T”, como o próprio nome já sugere, contribui para os encaixes das lajotas de concreto ou cerâmica. Em sua utilização é necessário uma camada de concreto que une as peças, A laje é indicada para pequenas construções, visto que não resistem à muita carga ou grandes vãos.


Desvantagem: Essa laje não suportará sobrecargas que não foram previstas primordialmente, ou seja, dificilmente a planta da casa poderá possuir alterações após sua instalação.




  • Lajes alveolares


Trata-se de uma laje que é constituída por painéis de concreto protendido vazados pelos alvéolos longitudinais, que contribui para o peso da peça, dessa forma, auxilia também frente a carga que é descarregada nas vigas e pilares da construção.


A maior parte de seu uso é em edificações de grande porte, que suportam frequentemente muito peso, no entanto temos materiais de alta resistência para a fabricação deste tipo de laje.


Vantagens: esse material dispensa grande parte dos serviços de carpintaria, armação e revestimento. Além de ser um sistema fácil de armazenar, esse sistema ainda tem bom acabamento inferior e reduz os custos.


Desvantagens: o transporte da fábrica até o canteiro e depois até o local de instalação, tem que ser feito por um guindaste por causa do peso.



É sempre bom conhecer as principais diferenças que existem nos tipos de laje que encontram-se no mercado, para que seja feita uma escolha mais assertiva do material a ser utilizado para a sua edificação, tendo em vista quais são as necessidades exigidas.


Chegando ao fim da leitura, se ainda ficou com alguma dúvida na escolha da melhor laje pré-moldada para sua construção e tem interesse em fazer um projeto arquitetônico com este elemento estrutural? Entre em contato com a Ideal Consultoria que iremos analisar a melhor opção para sua edificação.


Elisandra Diene

1,115 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo