Buscar
  • Ideal Consultoria Júnior

PAREDES DE ALVENARIA x PAREDES DE DRYWALL



O lar é preparado para ser um local de conforto e aconchego, então tudo que o cerca e o define, precisa ser definido pensando nisso. As paredes de nossa casa são peças fundamentais para tornar a edificação um local seguro e confortável. E então se torna imprescindível escolher de maneira correta o tipo de parede que iremos usar. Hoje, os dois sistemas mais utilizados são: alvenaria e drywall.


No processo de construção da parede de alvenaria são utilizados tijolos ou blocos de concreto, que são assentados com argamassa. No drywall, são montados esqueletos metálicos, formando quadros que são revestidos com placas de gesso.


Alvenaria, sem dúvidas, ainda é o estilo de parede mais escolhido e utilizado, por conta de sua durabilidade e mão de obra mais acessível. O drywall, apesar de ser muito versátil e ter uma montagem rápida, não pode ser utilizado em paredes externas e que vão sofrer com a ação do tempo. Podemos ainda listar mais algumas diferenças entres os dois modelos. Vamos lá!


  • Alvenaria

Ao se construir utilizando paredes de alvenaria, o cliente tem a certeza de uma parede sólida que vai resistir por longos anos. Além disso, o cliente poderá montar e instalar móveis ou aparelhos sem a necessidade de uma estrutura extra. Porém, o tempo de montagem é mais extenso por conta das várias etapas que constituem a construção da parede. Montar os blocos ou tijolos com argamassa, aplicar o chapisco e o reboco, são passos que podem demorar alguns dias. Com isso aumentando o tempo e custo de construção.


  • Drywall

Na montagem das paredes drywall, não se utiliza água, por isso o nome, traduzindo do inglês “parede seca”. Toda a estrutura vem pré-montada e só precisa ser instalada a parede de gesso com parafusos.


A versatilidade, como já foi dito, é um ponto muito positivo no sistema drywall, possibilitando uma vasta personalização e facilidade de recorte. Tornando a aplicação de prateleiras, nichos e estantes mais simples e rápida.


Por conta de sua estrutura, o drywall é um tipo de construção mais "limpa" gerando menos lixo e entulho no canteiro de obras. E além disso, quase todo seu resíduo é reciclável.

Por ser oco, esse tipo de parede, pode não ser muito eficiente em questões como isolamento acústico e térmico, o que dificultaria sua utilização em quarto e ambientes que necessitam de silêncio. Porém, esse problema pode ser facilmente contornado adicionando alguns materiais entre as chapas de gesso.


Bom, podemos então, perceber que existem aspectos positivos e negativos nos dois estilos de parede. O ideal é sempre procurar uma consultoria para entender e encontrar a melhor solução pra você. E a Ideal Consultoria, é a empresa certa para te auxiliar e tornar o processo de construção do seu sonho mais simples e prazeroso. Entre em contato conosco para mais informações. E para mais dicas como essa, continue acompanhando nosso Blog!


Jonathan Gonçalves

36 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo